Um comparativo dos primeiros cinco meses de 2021 com o mesmo período de 2020 evidenciou uma queda significativa no número de trotes ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Santa Catarina: caiu quase 50%, de acordo com dados levantados pela Superintendência de Urgência e Emergência da Secretaria da Saúde.

Em 2021, segundo relatório, o SAMU atendeu 327.381 mil ligações. Dessas chamadas, apenas 8.902 foram categorizados como trote. No mesmo período, de janeiro até maio, em 2020, esse número era 18.147 mil. É uma queda de 49,05%. Uma diminuição de 9.245 mil.

Atualmente, o SAMU conta com um projeto educacional chamado EducaSamu, que chega diretamente às escolas catarinenses e tem como público-alvo a conscientização das crianças.

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE